Elden: Path of the Forgotten ganha data de lançamento

Elden: Path of the Forgotten breve estará disponível para console e PC. Esse é o fruto de uma parceria entre o criador do game, Dylan J. Walker e a editora Another Indie. Trata-se de uma excelente notícia para os apaixonados por games, pois há muito se esperava que o jogo fosse disponibilizado. Isso porque ele promete ser um sucesso entre os gamers.

Elden: Path of the Forgotten estará disponível para o Nintendo Switch e promete causar fortes emoções, como será explicado mais adiante. E sua pré-venda estará disponível no Nintendo eShop até 11 de junho somente para a Europa e a Ásia. Até 18 de junho será a vez dos EUA. Nesses casos, haverá a oferta do game com 10% de desconto. Os streamings Utomik e Steam terão acesso ao game no dia 09 de julho. Para Xbox e PS4 ainda não há previsão de disponibilização, embora já haja acordo para tal.

O que se sabe, contudo, é que a procura realmente deverá ser grande porque as expectativas são muito boas. E nesse post você irá entender porque há tamanho otimismo sobre esse jogo. Conheça melhor o game que irá mexer com você em 2020.

Mais sobre o game Elden: Path of the Forgotten

Elden: Path of the Forgotten é um game de ação e aventura que traz como tema principal o medo do desconhecido. Nele o personagem principal estará lutando para entrar na vida adulta e isso o colocará numa saga contra seus medos. De acordo com a definição que vem sendo adotada, Elden: Path of the Forgotten é um game sombrio, bonito e intrigante. Sua trama é feita para causar fortes emoções nos gamers.

Trata-se de um jogo em estilo medieval, com cenário e trilha sonora de arrepiar. As regiões presentes no game são diversas e desafiadoras, provocando reações intensas no jogador. Repleto de ação e de bruxaria, ele também trará para o gamer armas e feitiços únicos e brutais, prometendo trazê-lo para dentro da realidade virtual. Não é a toa que as pessoas estão intitulando Elden: Path of the Forgotten como um game de ação sobrenatural.

O enredo do mesmo se passa numa terra devastada, tendo como objetivo salvar a mãe de Elden de antigos horrores vivenciados. Para isso ele precisará vencer inúmeros desafios para atravessar o Caminho Esquecido (uma possível alusão ao que está esquecido no passado, no inconsciente). Por isso a sacada de jogar com a mente. Cada um se verá no jogo de uma maneira, identificando-se com Elden de alguma forma.

Um jogo que mexe com a mente

A promessa de Dylan é que Elden: Path of the Forgotten mexa com a mente das pessoas e as leve a enxergar seus medos mais profundos. Como o imaginário humano é a maior fonte dos temores, ele sinaliza que irá manipular as mentes para que essas entrem no jogo e o sintam na pele. A trilha sonora que, como dissemos, é de arrepiar, foi pensada para ser minimalista e assustadora. Uma de suas características mais sutis.

Mas não somente isso. De acordo com a propaganda que se faz, a realidade de Elden: Path of the Forgotten é a de um mundo perturbador, capaz de levar qualquer pessoa ao limite da racionalidade. E para isso, continua a publicidade, ele contém uma variedade de desafios e camadas narrativas. Não seria demais dizer que a história do game é como um momento doloroso que passamos na vida.

Em termos gerais, Elden: Path of the Forgotten é um jogo fascinate que levará você a fazer uma viagem pelo mundo de Elden e se encontrar consigo mesmo no local. Seus medos, suas frustrações e incertezas… Tudo será trazido a tona quando se envolver nessa história mística. Já está preparado para tal?

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.